Blog Solaris

Blog > Publicação

Qual a iluminação ideal em cada cômodo?


imagem decoração sala

Já viu ou ouviu falar em ambientes que eram totalmente escuros e sem vida, mas que mudaram completamente depois de um bom projeto de iluminação? Isso é muito comum, pois muitas pessoas não conhecem o poder da iluminação e acabam não planejando da maneira que a residência merece. Para que tudo fique mais claro e harmônico, vamos te dar algumas dicas de como levar o melhor da luminosidade para os ambientes do seu lar.


A iluminação, além de exercer o papel principal, é essencial para deixar seu lar mais bonito! Uma luz bem colocada ressalta os objetos escolhidos criando cenários diferentes nos espaços. Por isso, a iluminação e a decoração precisam estar aliadas para que seu lar fique mais pratico e confortável.



Como planejar a iluminação na sala?


A sala é um dos ambientes mais utilizados em uma residência e você não deseja que seu bem estar seja afetado por uma iluminação que não permite desenvolver todas as atividades de maneira confortável, não é mesmo? Uma sala bem iluminada se torna mais convidativa e aconchegante. No momento de planejar a iluminação, alguns fatores como o tamanho da sala e a entrada de luz natural devem ser levados em consideração.


Procure luminárias e demais acessórios de iluminação que permitam criar diferentes possibilidades nos ambientes. Uma combinação ideal seria associar três tipos de foco: iluminação geral, ambiente e pontual. A luz geral é inserida bem ao centro do ambiente, onde costumam situar-se a mesa ou ao sofá. Você pode utilizar também nesse espaço luminárias pendentes a meia altura.


persiana vertical

A iluminação pontual é utilizada para conseguir destacar objetos como os livros das estantes, até mesmo os quadros. Os pontos de LED são brilhantes e podem destacar muito bem esses cantos da sala. Aproveite!



No quarto a dica é uma iluminação aconchegante


Os quartos são lugares principalmente de descanso. Por isso, o essencial é que a luz seja uniforme e indireta, pois são as que oferecem os melhores resultados. A iluminação pode ser obtida através de luminárias com filtros de acrílico ou de vidro fosco. Além disso, a iluminação precisa se ajustar às atividades que serão realizadas no ambiente: ler, estudar, assistir televisão, dormir, entre outras.


Outro fator que contribui para a luminosidade do ambiente, sendo bastante útil, é a dimerização, ou seja, o controle na intensidade da lâmpada. Nos quartos, ambientes de relaxamento, a luz mais indicada é a luz quente.


persianas quarto

Utilize luzes frias na iluminação dos banheiros


Normalmente, os banheiros utilizam na iluminação geral luzes branca, com o intuito de trazer mais amplitude e sensação de higiene ao ambiente. Uma dica básica para evitar erros nesse cômodo é a iluminação uniforme e intensa, principalmente na bancada da pia, para atividades especificas como se maquiar ou fazer barba, evitando as sombras no rosto.


Luminárias com acrílico leitoso, vidro leitoso ou lâmpadas difusoras, como a fluorescente, são as mais indicadas para o banheiro. Já a luz de camarim, que muitas pessoas usam no banheiro, não é muito indicada porque dificulta a aparência do ambiente e são muito quentes, causando transpiração em quem utiliza o espelho do local por muito tempo, deixando de ser funcional.



A iluminação indireta ganha destaque na cozinha


Como preparar aqueles pratos maravilhosos sem uma boa iluminação? Assim fica difícil, mas alguns cuidados podem resolver isso. Na cozinha, é fundamental enxergar os alimentos com precisão. Sendo assim, lâmpadas ideais são as que possuem um grande Índice de Reprodução da Cor (IRC). Uma dica para a iluminação geral da cozinha é que se utilize luz branca ou azulada, como por exemplo, a luz de LED. Luminárias pendentes ficam muito bonitas quando há uma bancada para fazer as refeições na cozinha, essas luminárias ganham destaque quando o ambiente é compartilhado.


persiana de madeira

Também é importante levar em consideração as cores e revestimento dos ambientes, bem como o acabamento dos móveis, pois eles podem ser notados de maneira diferente dependendo da intensidade da cor da luz.


Conforto e claridade são os pontos críticos de uma iluminação em escritórios


A iluminação nesses espaços de trabalho deve ser instalada de maneira que proporcione a conclusão das atividades de forma segura e confortável. Para isso, a luz mais indicada é a luz fria. Uma ótima opção são as lâmpadas de LED pois oferecem grandes vantagens: além da eficiência energética, o tamanho reduzido possibilita a criação de lâmpadas cada vez mais discretas e elegantes, ideais para serem aplicadas em lugares pequenos ou de difícil manutenção.


Nos escritórios é preciso evitar o ofuscamento e a iluminação deve ser direcionada em alguns pontos, como os livros, estantes e mesa de trabalho. Um exemplo incorreto é quando lâmpadas refletoras são colocadas incidindo sobre a tela do computador, tornando o ambiente mais cansativo.


iluminação led escritório

Uma das dicas é que a iluminação venha de cima, mas que fique por trás do monitor do computador para evitar os reflexos incômodos que causam ofuscamento. Uma iluminação mais direcionada é proporcionada quando as lâmpadas estão embutidas nas estantes ou nos armários.


Agora que você já sabe tudo sobre a iluminação ideal para cada ambiente do seu lar, chegou a hora de colocar em prática. Aproveite a iluminação natural, incremente as luzes frias para ambientes mais funcionais e ganhe ambientes mais aconchegantes com luzes quentes.


E você, tem mais alguma dica que quer compartilhar com a gente? Deixe seu comentário!


Veja também:

7 dicas de decoração para apartamentos pequenos

Os benefícios da luz solar em sua casa

Posts recentes