Blog Solaris

Blog > Publicação

Cortinas tradicionais: tudo que você precisa saber

De uma coisa temos certeza: cortinas transformam ambientes, seja esteticamente ou funcionalmente. Cada imagem que vemos no Instagram, Pinterest ou revistas de decoração acabam nos inspirando e nos deixando cheios de ideias, mas quando chega a nossa vez de encomendar cortinas para melhorar a aparência ou a luminosidade de um ambiente em nossa casa ou escritório, surgem inúmeras dúvidas. Nós costumamos falar aqui sobre persianas ou cortinas estruturadas, mas hoje iremos te dar algumas dicas sobre cortinas tradicionais (aquelas colocadas em trilhos ou varões e que deixam o ambiente mais acolhedor), caso você ainda tenha dúvidas sobre como incorporá-las ao seu ambiente.


cortina em natal

Começaremos falando sobre o que sustentará essa cortina, ou seja, o trilho ou varão. Será que você sabe qual usar? É aconselhável usar o trilho apenas quando é possível escondê-lo num cortineiro de gesso ou madeira (tornando o ambiente moderno e elegante), mas isso não é uma regra. Já o varão será ideal caso seu teto seja inclinado ou sua cortina tenha apenas o tamanho de cobrir a janela e nada mais.


cortina em natal

Fonte: Decor Fácil

Falando nisso, a menos que você deseje deixar algum móvel colado à parede, abaixo da janela, ou exista outro obstáculo, as cortinas ficarão mais elegantes se chegarem ao piso. Mas vá com calma, pois o excesso de elegância, gera sujeira! Se sobrar muito tecido tocando o chão, a barra pode acumular poeira (e ficar escura, caso o tecido seja muito claro). A cortina deve acabar 2 cm antes do piso, mas, se for uma excepcionalidade, deixe no máximo 5 cm a mais.


Outro caso em que devemos considerar cobrir toda a parede, é quando a janela não está centralizada nela. Segundo os profissionais, a única situação onde estamos livres para aplicar cortinas curtas, é em quartos de recém-nascidos.


cortina em natal

E nada de usar tecidos com estampas diversas na mesma parede, para cada janela no ambiente. Defina um padrão ou esquema de cores. Cortinas muito diferentes em um mesmo ambiente causarão estranhamento. Já em tons próximos e no mesmo tecido, por mais que o modelo das pregas e ilhoses sejam diferentes, não há chances de erro.


Nos banheiros e cozinhas, cortinas de tecido (sejam tradicionais ou estruturadas) devem ficar longe, pois a umidade e gordura acabarão acumulando mofo e sujeira. E se você é alérgico, saiba que cortinas podem acumular alguma poeira, então, é recomendado o uso de tecidos 100% poliéster nestes casos, que podem ser lavados mais vezes sem estragar.


cortina em natal

E para quem deseja reduzir a incidência solar num ambiente utilizando cortinas tradicionais, deve-se investir num forro que filtrará a luz e ainda protegerá o tecido principal, que além de tecidos sintéticos, também podem ser de linho ou voal. O tecido blackout só deve ser usado caso você deseje o escurecimento total do ambiente.


Questões como a quantidade de tecido necessária para sua cortina, você pode deixar nas mãos dos profissionais da Solaris Persianas, que te ajudarão a definir o tamanho ideal para sua cortina, além de outros fatores que deixarão seu ambiente harmônico e acolhedor com o uso de cortinas tradicionais. Entre em contato com a gente e vamos conversar sobre suas novas cortinas!


Confira também:

Qual o tipo de cortina ideal para o seu ambiente?

Posts recentes